Vem construir irmão / Amanheceu na minha vida



Vem construir irmão / Amanheceu na minha vida

J. R. Monteiro

1. Vem construir, irmão, a tua cidade;
faz do teu sonho, hoje, realidade.
Vem despertar o amor, sem ele és nada,
vem desenhar o além, é madrugada.

Amanheceu na minha vida, encontrei-Te, Senhor,
e compreendi o que é o amor.
(bis)

2. Não te deixes dormir em outras eras.
Porque não vais p’ra a rua vender primaveras?
Mesmo que tu não queiras, tua pátria é o mundo,
o teu irmão são todos, és vagabundo.

3. Porque ficas sentado sem nada esperar?
Fecha a tua casa e parte para além do mar.
Há homens que esperam apertar tua mão.
Se tu quiseres partir, outros terão pão.

Sem áudio disponível