Revoltam-se os reis (Ant. 1)



Revoltam-se os reis (Ant. 1)

Revoltam-se os reis (Ant. 1)

Revoltam-se os reis da terra e os príncipes conspiram juntos
contra o Senhor e contra o seu Ungido.

1. Porque se agitam em tumulto as nações
e os povos intentam vãos projectos?
Revoltam-se os reis da terra
e os príncipes conspiram juntos /
contra o Senhor e contra o seu Ungido:
Quebremos as suas algemas
e atiremos para longe o seu jugo.

2. Aquele que mora nos céus sorri,
o Senhor escarnece deles.
Então lhes fala com ira
e com sua cólera os atemoriza:
“Fui Eu quem ungiu o meu Rei
sobre Sião, minha montanha sagrada”.

3. Vou proclamar o decreto do Senhor,
Ele disse-me: “Tu és meu filho, eu hoje te gerei.
Pede-me e te darei as nações por herança
e os confins da terra para teu domínio.
Hás-de governá-los com ceptro de ferro,
quebrá-los como vasos de barro.

4. E agora, ó reis, tomai sentido
atendei, vós que julgais a terra.
Servi o Senhor com temor, aclamai-O com respeito.
Reverenciai-O para que não Se irrite e fiqueis perdidos;
porque num repente se inflama a sua ira.
Felizes todos os que confiam no Senhor.

[restrict userlevel=’subscriber’]Revoltam-se os reis - m luis
[/restrict]

Sem áudio disponível.


Autor: Sl 2 / M. Luís
Sugerido para: Antífona, Ofício

Sem áudio disponível