Que alegria quando me disseram



Que alegria quando me disseram

M. Manzano

Que alegria quando me disseram: vamos para a casa do Senhor.
Os nossos passos se detêm às tuas portas, Jerusalém.

1. Jerusalém edificada / como cidade inabalável. / Para lá sobem as tribos, / as tribos do Senhor.

2. Segundo o costume de Israel, / p’ra celebrar o nome do Senhor. / Ali estão os tribunais da justiça, / dentro da casa de David.

3. Pedi a paz para Jerusalém, / vivam seguros quantos te amam. / Haja paz dentro dos teus muros, / em teus palácios segurança.

4. Por meus irmãos e meus amigos / eu te direi: a paz contigo. / Pela casa do Senhor nosso Deus / te desejo todo o bem.

Sem áudio disponível