Povo teu somos



Povo teu somos

Loys Bourgeois, 1551

1. Povo teu somos, ó Senhor, / Pois Tu nos libertaste
Pela palavra e pelo amor / Com que nos resgataste.

2. Tu vens, Senhor, p’ra reunir / Os homens num só povo,
Que vão contigo construir / Novos céus: mundo novo!

3. Teu coração aberto está / Para nos dar guarida:
Seja quem for só n’Ele terá / A salvação, a vida.

4. Homens-irmãos, cantai, cantai / Hinos d’ hossana e glória
A Cristo, ao ‘Spírito e ao Pai, / Cantai: Honra! Vitória!

5. És maravilha sem igual: / Um Deus ao homem dado.
Numa partilha fraternal / Vivendo, lado a lado!

6. Dos quatro pontos cardeais, / Pisando a terra dura,
Partem os pobres dos mortais / Só à tua procura!…

7. Vinha sagrada, abrindo em flor, / É tua santa Igreja:
Fá-la florir em paz e amor / E salvo o mundo seja!

8. Ouve, Senhor, a nossa voz, / Que canta agradecida,
Porque levamos dentro em nós / Teu amor, tua vida.

9. Nós contemplamos teu amor / Nos caminhos dos homens;
E nós pedimos ó Senhor, / Que esse amor nos transforme.

10. Da tua graça, ó Deus, nos vem, / Uma força celeste.
E nós levamos, mundo além, / O amor que nos deste.

11. O mundo espera ver em nós / A luz da tua glória.
Que o teu Espírito de amor / Nos alcance a vitória.

12. Tu tens para nos receber / Os teus braços abertos
E neles iremos viver, / Para sempre libertos.