Pequenino está deitado



Pequenino está deitado

Pequenino está deitado

1. Pequenino está deitado, em palhinhas, Deus Infante.
Ai não há no céu estrelado astro d’oiro mais brilhante!

Correi, pastorinhos, depressa a Belém,
co’ a alma em carinhos por Deus vosso bem.

2. Oh! Levai-lhe cordeirinhos todos brancos de candura,
de lã branca como arminhos de olhos meigos de ternura.

3. Levai-Lhe almas inocentes, humilhadas na pobreza,
transparecendo reluzentes em olhares de pureza.

4. Trouxe paz lá das alturas para os filhos do trabalho,
porque o amor nas almas puras vê na dor o seu atalho.

5. Mais que estrelas do Oriente, mais que o ouro dos Reis Magos,
Jesus preza o inocente e dos pobres quer afagos.

6. Pastorinhos e Reis Magos tudo é irmão p’ra Deus-Menino:
vence o orgulho e os seus estragos o amor feito pequenino.

[restrict userlevel=’subscriber’]Pequenino esta deitado - popular
[/restrict]

Sem áudio disponível.


Autor: Tradicional
Categorias: Natal

Sem áudio disponível