Minha vida tem sentido



Minha vida tem sentido

P. Zezinho

Minha vida tem sentido cada vez que eu venho aqui
e Te faço o meu pedido de não me esquecer de Ti.
Meu amor é como este pão,
que era trigo que alguém plantou, depois colheu.
E depois tornou-se salvação
e deu mais vida e alimentou o povo meu.

Eu Te ofereço este pão, / eu Te ofereço o meu amor. (2x)

Minha vida tem sentido cada vez que eu venho aqui
e Te faço o meu pedido de não me esquecer de Ti.
Meu amor é como este vinho,
que era fruto que alguém plantou, depois colheu.
E depois encheu-se de carinho
e deu mais vida e alimentou o povo meu.

Eu Te ofereço vinho e pão, / eu Te ofereço o meu amor. (2x)

Sem áudio disponível