Errante vou sou peregrino



Errante vou sou peregrino

A. Espinosa

1. Errante vou, sou peregrino / como estrangeiro, buscando o lar. / Encontrei Deus no meu caminho: / conforto e paz me veio dar.

Unido a Deus em aliança o novo povo caminhará
Lutando aqui pela esp’rança, dum mundo novo que enfim virá.

2. Já vejo o fim do meu caminho: / a minha pátria, Jerusalém! / Já não me inquieta o meu destino / pois no Senhor pus minha fé.