É bom cantar salmos



É bom cantar salmos

C. Silva

É bom cantar salmos ao vosso nome, ó Altíssimo,
e proclamar pela manhã a vossa bondade.

 
1. É bom louvar o Senhor
e cantar salmos ao vosso nome, ó Altíssimo,

2. proclamar pela manhã a vossa bondade
e durante a noite a vossa fidelidade,

3. ao som da harpa e da lira
e com as melodias da cítara.

4. Vós me alegrastes, Senhor, com as vossas maravilhas,
exulto com a obra das vossas mãos.

5. Como são grandes, Senhor, as vossas obras
e insondáveis os vossos desígnios!

6. O homem insensato não entende estas coisas
e o ignorante não as compreende.

7. Ainda que os ímpios cresçam como a erva /
e floresçam todos os malfeitores,
estão destinados à perdição eterna.

8. Vós, porém, Senhor,
sois o Altíssimo por todo o sempre.

9. Vossos inimigos, Senhor,
vossos inimigos hão-de perecer, /
serão dispersos todos os que praticam o mal.

10. Exaltastes a minha força como a do falo,
ungistes-me com óleo puríssimo.

11. Os meus olhos fitam com desdém os meus inimigos
e os meus ouvidos ouvem falar /
dos que se insurgem contra mim.

12. O justo florescerá como a palmeira,
crescerá como o cedro do Líbano;

13. plantado na casa do Senhor,
florescerá nos átrios do nosso Deus.

14. Mesmo na velhice dará o seu fruto,
cheio de seiva e de vigor,

15. para proclamar que o Senhor é justo:
n’Ele, que é o meu refúgio, não há iniquidade.

Sem áudio disponível