17º Domingo

17º Domingo
Tempo Comum
Ano A




VER LEITURAS

Entrada

Aclamai a Deus (de J. Gomes)


Anunciaremos Teu Reino Senhor (de Christobal Halffter)


Ao Deus do Universo (de J. Santos)


Cantarei ao Senhor por tudo (de F. Silva)


Cristo dará a liberdade (de C. Erdozain)


Dá-nos um coração (de A. Espinosa)


Deus vive na Sua morada santa (de F. Santos)


Eu sou a Salvação do meu povo (de C. Silva)


Iremos com alegria (de M. Luís)


Iremos com alegria (de M. Borda)


Louvado sejais Senhor (de C. Silva)


Louvado sejais Senhor (de M. Luís)


Louvai louvai o Senhor (de F. Silva)


Oh que alegria (de M. Faria)


Que alegria quando me disseram (de M. Manzano)


Que alegria quando me disseram (de F. Santos)


Vamos com alegria (de C. Silva)





Para usufruir de todas as funcionalidades, deve iniciar a sessão.
O registo no Laudate é gratuito.

Salmo Responsorial

Apresentação dos Dons

Comunhão

Pós-Comunhão

Aclamai a Deus (de J. Gomes)


Ao Deus do Universo (de J. Santos)


Bendito seja Deus bendito seja (de M. Simões)


Cantai alegremente ao Senhor (de M. Luís)


Cantai o Senhor é bom (de G. Rey / A. Cartageno)


Cantarei ao Senhor por tudo (de F. Silva)


Dá-nos um coração (de A. Espinosa)


Eu canto para sempre (de M. Luís)


Felizes os puros de coração (de A. Cartageno)


Glória ao Pai que nos criou (de C. Silva)


Habitarei para sempre (de C. Silva)


Habitarei para sempre (de F. Santos)


Louvado sejais Senhor (de C. Silva)


Louvado sejais Senhor (de M. Luís)


Louvai louvai o Senhor (de F. Silva)


Louvarei para sempre o Vosso nome (de M. Luís)


Louvarei para sempre o Vosso nome (de M. Borda)


Louvarei para sempre o Vosso nome (de M. Simões)


O Senhor é a minha herança (de M. Luís)


Pedi e recebereis (de Az. Oliveira)


Tudo o que pedirdes na oração (de C. Silva)


Final

Anunciaremos Teu Reino Senhor (de Christobal Halffter)


Ao Deus do Universo (de J. Santos)


Bendito seja Deus bendito seja (de M. Simões)


Cantai alegremente ao Senhor (de M. Luís)


Cantai o Senhor é bom (de G. Rey / A. Cartageno)


Cristo dará a liberdade (de C. Erdozain)


Dá-nos um coração (de A. Espinosa)


Glória ao Pai que nos criou (de C. Silva)


Louvai louvai o Senhor (de F. Silva)


Leituras para 17º Domingo
Tempo Comum
Ano A

ANTÍFONA DE ENTRADA Salmo 67, 6-7.36
Deus vive na sua morada santa,
Ele prepara uma casa para o pobre.
É a força e o vigor do seu povo.

ORAÇÃO COLECTA 
Deus, protector dos que em Vós esperam,
sem Vós nada tem valor, nada é santo.
Multiplicai sobre nós a vossa misericórdia,
para que, conduzidos por Vós,
usemos de tal modo os bens temporais
que possamos aderir desde já aos bens eternos.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

LEITURA I 1 Reis 3, 5.7-12 
«Pediste a sabedoria» 
O maior tesouro é a sabedoria. A sabedoria é o dom de saber orientar a vida segundo os critérios de Deus. Mas quem tem a peito pedi-la ao Senhor, antes de todos os outros bens como fez Salomão? De tal modo agradou ao Senhor esta primeira preocupação de Salomão que, juntamente com a sabedoria, a única coisa que ele pedira, o Senhor lhe deu tudo o mais. 

Leitura do Primeiro Livro dos Reis
Naqueles dias, o Senhor apareceu em sonhos a Salomão durante a noite e disse-lhe: «Pede o que quiseres». Salomão respondeu: «Senhor, meu Deus, Vós fizestes reinar o vosso servo em lugar do meu pai David e eu sou muito novo e não sei como proceder. Este vosso servo está no meio do povo escolhido, um povo imenso, inumerável, que não se pode contar nem calcular. Dai, portanto, ao vosso servo um coração inteligente, para governar o vosso povo, para saber distinguir o bem do mal; pois, quem poderia governar este vosso povo tão numeroso?». Agradou ao Senhor esta súplica de Salomão e disse-lhe: «Porque foi este o teu pedido, e já que não pediste longa vida, nem riqueza, nem a morte dos teus inimigos, mas sabedoria para praticar a justiça, vou satisfazer o teu desejo. Dou-te um coração sábio e esclarecido, como nunca houve antes de ti nem haverá depois de ti».
Palavra do Senhor.

SALMO RESPONSORIAL Sal. 118 (119), 57.72.76-77.127-128.129-130 (R . 97a )
Refrão: Quanto amo, Senhor, a vossa lei! Repete-se

Senhor, eu disse: A minha herança
é cumprir as vossas palavras.
Para mim vale mais a lei da vossa boca
do que milhões em ouro e prata. Refrão

Console-me a vossa bondade,
segundo a promessa feita ao vosso servo.
Desçam sobre mim as vossas misericórdias e viverei,
porque a vossa lei faz as minhas delícias. Refrão

Por isso, eu amo os vossos mandamentos,
mais que o ouro, o ouro mais fino.
Por isso, eu sigo todos os vossos preceitos
e detesto todo o caminho da mentira. Refrão

São admiráveis as vossas ordens,
por isso, a minha alma as observa.
A manifestação das vossas palavras ilumina
e dá inteligência aos simples. Refrão

LEITURA II Rom 8, 28-30 
«Predestinou-nos para sermos conformes à imagem do seu Filho» 
Deus chamou-nos para nos integrarmos em Cristo. É esse o desígnio que Deus tem sobre nós e que se vai realizando, progressivamente, até chegar à plenitude, a qual só se encontrará na glória celeste. É o que esta leitura quer significar com a sucessiva acção de Deus em nós, pela qual Ele pretende levar-nos a participar plenamente na glória de Cristo. 

Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Romanos
Irmãos: Nós sabemos que Deus concorre em tudo para o bem daqueles que O amam, dos que são chamados, segundo o seu desígnio. Porque os que Ele de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que Ele seja o Primogénito de muitos irmãos. E àqueles que predestinou, também os chamou; àqueles que chamou, também os justificou; e àqueles que justificou, também os glorificou.
Palavra do Senhor.

ALELUIA cf. Mt 11, 25 
Refrão: Aleluia. Repete-se
Bendito sejais, ó Pai, Senhor do céu e da terra,
porque revelastes aos pequeninos
os mistérios do reino. Refrão

EVANGELHO – Forma longa Mt 13, 44-52 
«Vendeu tudo quanto possuía para comprar aquele campo» 
Com três parábolas, a do tesouro escondido no campo, a do negociante de pérolas e a da rede lançada ao mar, o Senhor ensina-nos o caminho da sabedoria para encontrar o reino dos Céus, como fará o “escriba bem avisado”, de que também nos fala a leitura. 

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «O reino dos Céus é semelhante a um tesouro escondido num campo. O homem que o encontrou tornou a escondê-lo e ficou tão contente que foi vender tudo quanto possuía e comprou aquele campo. O reino dos Céus é semelhante a um negociante que procura pérolas preciosas. Ao encontrar uma de grande valor, foi vender tudo quanto possuía e comprou essa pérola. O reino dos Céus é semelhante a uma rede que, lançada ao mar, apanha toda a espécie de peixes. Logo que se enche, puxam-na para a praia e, sentando-se, escolhem os bons para os cestos e o que não presta deitam-no fora. Assim será no fim do mundo: os Anjos sairão a separar os maus do meio dos justos e a lançá-los na fornalha ardente. Aí haverá choro e ranger de dentes. Entendestes tudo isto?» Eles responderam-Lhe: «Entendemos». Disse-lhes então Jesus: «Por isso, todo o escriba instruído sobre o reino dos Céus é semelhante a um pai de família que tira do seu tesouro coisas novas e coisas velhas».
Palavra da salvação.

EVANGELHO – Forma breve Mt 13, 44-46 
«Vendeu tudo quanto possuía para comprar aquele campo»

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus 
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «O reino dos Céus é semelhante a um tesouro escondido num campo. O homem que o encontrou tornou a escondê-lo e ficou tão contente que foi vender tudo quanto possuía e comprou aquele campo. O reino dos Céus é semelhante a um negociante que procura pérolas preciosas. Ao encontrar uma de grande valor, foi vender tudo quanto possuía e comprou essa pérola».
Palavra da salvação.

Oração dos Fiéis

Unidos no Espírito Santo, peçamos, irmãs e irmãos, a Deus Pai, para nós e para os outros fiéis, os dons que Ele tem preparados para todos, dizendo, com fé e humildade:

R. Abençoai, Senhor, o vosso povo.
Ou: Ouvi, Senhor, a nossa oração.
Ou: Pela vossa misericórdia, ouvi-nos, Senhor

1. Pela Igreja santa e pela sua unidade, pela nossa Igreja particular e pela sua santidade, pelos ministros que a servem e por todos os seus fiéis, oremos.

2. Pelos que têm de julgar e pelos que são julgados, pelos que procuram, mas não encontram, pelos que estão alegres e pelos que choram, oremos.

3. Por aqueles que têm fé e pelos descrentes, pelos que fazem de Deus o seu tesouro e por todos os que O negam e ofendem, oremos.

4. Pelos que estudam e pelos que ensinam, pelos avós, pelos pais e pelos filhos, pelos jovens, os adolescentes e as crianças, oremos.

5. Por nós próprios e pelos outros batizados, pelos leitores que proclamam a palavra de Deus e pelos acólitos que servem o altar da Eucaristia, oremos.

Deus todo-poderoso e eterno, que ofereceis a salvação a todos os homens e mulheres e não quereis que nenhum deles se perca, fazei que os acontecimentos deste mundo concorram para o bem dos que Vos amam. Por Cristo Senhor nosso.

ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS 
Aceitai, Senhor,
os dons que recebemos da vossa generosidade
e trazemos ao vosso altar,
e fazei que estes sagrados mistérios, por obra da vossa graça,
nos santifiquem na vida presente
e nos conduzam às alegrias eternas.
Por Nosso Senhor.

ANTÍFONA DA COMUNHÃO Salmo 102, 2 
Bendiz, ó minha alma, o Senhor
e não esqueças os seus benefícios.

Ou Mt 5, 7-8 
Bem-aventurados os misericordiosos,
porque alcançarão misericórdia.
Bem-aventurados os puros de coração,
porque verão a Deus.

ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO 
Senhor, que nos destes a graça de participar neste divino sacramento, memorial perene da paixão do vosso Filho,
fazei que este dom do seu amor infinito
sirva para a nossa salvação. Por Nosso Senhor.