Ditosos os que Te louvam sempre



Ditosos os que Te louvam sempre

F. Santos

Ditosos os que Te louvam sempre; / ditosos aqueles de quem és a força,
pois se decidem a ser peregrinos, / ditosos aqueles de quem és a força.

1. Como amo, Senhor, a tua morada
por entrar no teu coração eu anseio,
todo o meu ser, todo o meu ser exulta de alegria!

2. Até o pássaro lá encontra abrigo
e a andorinha faz o ninho para os filhos,
Senhor Deus do Universo, meu Rei e meu Deus.

3. Atravessam vales áridos e mudam-se em fontes.
A chuva do Outono cobre-os de bênçãos,
com vigor crescente vão ao encontro do Deus de Sião.

4. Senhor Deus do Universo ouve a minha oração,
és o meu escudo, olha o rosto do teu ungido.
Vale mais um dia na tua presença que mil na solidão.

5. O Senhor Deus é sol e escudo, dá a graça e a glória,
nada recusa aos que vivem com rectidão.
Senhor, ditoso o homem que em ti vê a esp´rança!

Sem áudio disponível