Da minha alma brotou belo poema



Da minha alma brotou belo poema

R. Jefferson

Da minh’alma brotou belo poema:
toda a minha vida of’reço ao Senhor.

1. Dentre todos os bens que Tu me dás, / a Ti, Senhor eu of’reço
minha vida, meu corpo e minha alma, / que anseiam por Ti.

2. Eu Te dou graças, Pai invivel, / p’lo teu degnio sobre mim.
Pela fé, sabedoria e amor / que germinam em Ti.

3. Eu Te dou graças, mestre da vida, / p’lo que Tu fazes por mim.
Meu coração está inquieto até ao dia / do seu repouso em Ti.

4. Tu és o Deus da minha juventude, / Tu és a luz dos meus passos.
Meu coração simples e alegre / por Ti exulta de amor.

5. Eu Te dou graças, Pai omnipotente, / e a teu Filho, o Senhor,
e ao Espírito que habita em nossas almas / pelos culos sem fim.

Sem áudio disponível