Chegaram os dias de penitência



Chegaram os dias de penitência

M. Luís

Chegaram os dias de penitência:
expiemos nossos pecados e salvaremos nossas almas.
expiemos nossos pecados e salvaremos nossas almas.

1. Tende piedade de mim, ó Deus, tende piedade,
porque em Vós eu procuro refúgio,

2. e me abrigo à sombra das vossas asas
até que passe a tormenta.

3. Clamo ao Deus Altíssimo,
ao Deus que me enche de benefícios.

4. Mande-me do céu a salvação, humilhe quem me persegue,
envie-me Deus a sua bondade e fidelidade.

5. Estou no meio de leões,
que devoram os filhos dos homens;

6. os seus dentes são lanças e flechas,
e a sua língua espada afiada.

7. Meu Deus, revelai nas alturas a vossa grandeza
e sobre a terra fazei brilhar a vossa glória.

8. Estenderam um laço aos meus pés
e fizeram-me perder a coragem;

9. cavaram um fosso diante de mim:
foram eles que lá caíram.

10. Firme está meu coração, ó Deus; meu coração está firme:
quero cantar e salmodiar.

11. Desperta, ó minha alma: despertai, lira e cítara;
quero acordar a aurora.

12. Louvar-Vos-ei, Senhor, entre os povos,
cantar-Vos-ei entre as nações;

13. porque aos céus se eleva a vossa bondade
e até as nuvens a vossa fidelidade.

14. Meu Deus, revelai nas alturas a vossa grandeza
e sobre a terra fazei brilhar a vossa glória.

Sem áudio disponível