Ao teu altar / Saber que virás / Quanta beleza / Quantos desertos



Ao teu altar / Saber que virás / Quanta beleza / Quantos desertos

R. Anthony (ou Bob Dylan ?)

1. Ao teu altar nós levamos, Senhor, as nossas ofertas de pão.
O pão do nosso trabalho sem fim e o vinho do nosso cantar.
Será, Senhor, nossa justa inquietude amar a justiça e a paz.

Saber que virás, saber que estarás
partindo aos pobres teu pão. (bis)

2. A sede de tantos homens sem luz, a dor e o triste chorar.
O ódio de tantos mortos sem fé, cansados de tanto lutar.
Nesta patena da nossa oblação aceita a vida Senhor.

Sem áudio disponível